Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Há Lobo no Cais

Não é, mas faz por ser encalhada…

 Dor.jpg

 Considero que existem mulheres a quem o ditado “dá deus nozes a quem não tem dentes” se aplica mais do que na perfeição! Não estou com isto a falar das meninas a quem lhes cai no colo, sem saber ler ou escrever, um Odones. Até porque com esses existe a probabilidade de ser “muita parra e pouca uva”. Falo sim das que têm um homem, dito homem de verdade, com defeitos e virtudes que dá para levar a sério. O dito pacote completo e não o kit de sobrevivência. Mas que fazem então as ditas meninas para estarem a merecer um par de patins cor-de-rosa e um leve empurram pela encosta a baixo?

 

Para começar são do tipo de mulher que se “encantou” por ele ser “assim diferente”, mas mal assina “contrato” passa o tempo a querer que ele mude, que fique “assim normal”. Querer fazer de um “palhaço” (no sentido de brincalhão) uma pessoa séria ou uma pessoa reservada numa pessoa faladora, festeiro é contranatura e um dia o palhaço triste enche e rebenta o balão e depois nem o diferente, nem o normal vai mais aturar-te!

E aquele tipo de mulher que adora como ele é, mas que o quer só para si fechado numa gaiola!? Têm um ser social em casa, que tem amigos em todo o lado e que gosta de conviver e de festa. No entanto a menina não quer conviver com os amigos dele (devem ser uns demónios que o levam para os maus caminhos!) como tal faz tudo por isolar o menino. Adivinhem qual a frase preferida dela da saga “senhor dos anéis”? Nem mais, “my precious!!!”. É assim difícil entender que as amizades não ocupam o lugar dela? Que são importantes sem tirar a importância de tudo o resto? Que se não tem amigos (até se compreende, que quer aturar um “Gollum” agarrada à sua frase) que ganha em acabar com os dele? É problema de confiança? Se tem motivos chuta-o, se não tem é deveras irritante. Já estou a ver, dia em que ele “foge ao controlo” e sai com os “demónios”, ela passa a noite a mandar SMS e telefonemas que demoram eternidades de forma a impossibilitar qualquer convivência social. Não consegue entender que este tipo de atitudes só servem para se aproximar, a grande velocidade, do fim… como quem diz do princípio de encalhar!?

Como acabo de dizer, atitudes controladoras, castradoras ou ditatoriais levam todos ao mesmo fim, por isso ou se confia e corre tudo bem ou não se confia e acaba-se. Tudo o resto é um atestado de estupidez e se assim o fazes estás à espera que aconteça o que?!?? Nisto os homens (homens, não bananas) são todos iguais, uns só aguentam um pouco mais do que os outros até rebentarem! Normalmente é por uma coisa chamada empatia carnal…

Duas pessoas diferentes podem viver muito bem juntas, se aceitarem as diferenças do outro. O “amigo não empata amigo” devia aplicar-se mais nas relações. Os amigos são pessoas que tu escolhes para a tua vida e não é por serem diferentes ou fazerem coisas diferentes que deixas de gostar deles e eles de ti! Agora se não queres ser encalhada, faz-te à vida.

 

Nota – Também se morde outras coisas no facebook, curiosos?