Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Há Lobo no Cais

Gourmet o C!%%&#§, é comida de roulotte!

 17269061_Vbbzd.jpeg

 Sejamos honestos, os produtos gourmet já são “esquisitos” a roçar o “forçado” que cheguem. Por isso imaginem o que acho desta nova onda do fast food gourmet.

Não estou a dizer que não tenha experimentado ou que não experimente. Até porque para se poder falar temos de ter dado o corpo ao manifesto. Nem mais, só quando nos dói no corpo e na carteira é que se nota o quão disparatado é e ao mesmo tempo quantos “parolos”, “ceguinhos” e até uns “está na moda é bom” existem.

Enquanto estratégia de marketing tenho a dizer que é excelente, pega-se num espaço, que por vezes nem espaço tem, dá-se uma imagem retro-chic e de seguida acrescenta-se a palavra gourmet ao que se andava a vender na roulotte à porta do estádio. E aqui temos um novo “ultima coca-cola do deserto”.

Meninos, tenho a dizer que é um hambúrguer na mesma, só que em vez de enfiarem num guardanapo foleiro, usaram uma tábua ou lousa, colocaram uns arrebites e puxaram no preço. E assim o povinho faz fila para pagar.

O mesmo se aplica aos cachorros gourmet, francesinhas gourmet (esta então lembra-me do chef de Lisboa, com mania que tem estrela Michelin, que merecia levar com o pneu na tromba por ter vindo ao Porto estragar a dita), alheira com ovo gourmet e tudo que seja pseudo-gourmet!

Um prego é um prego e nunca pode ser gourmet, pode ser sim um bitoque se mudarmos de região! Se lhe tiras o mau aspeto, as batatas gordurosas e o arroz “cola no teto” deixa de ser um prego.

Não me lixem, por este caminho, estamos aqui estamos com rojões ou tripas gourmet, essas como tantas outras comidas “icónicas” que só são o que são por não serem sofisticadas.

Reconheçam seria o que mesmo juntar trolhas e gourmet, putas e gourmet ou mesmo ciganos e gourmet. Não faz sentido, são conceitos que não ligam e além disso, se é comida “má”, daquela que engorda, aumenta o colesterol e entope veias, é bom que não venha “disfarçada”.

 

Nota – Também se morde outras coisas no facebook, curiosos?

 

3 comentários

Comentar post