Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Há Lobo no Cais

Ansiedade… estúpida!

13 - 1 (1).jpg

 Quem não reparou em situações em que se pensa “por alma de quem é que está a fazer aquilo? Não vai acontecer mais depressa!”. Seja nos outros, sejamos nós próprios a realidade é que vamos continuar a ter tais atitudes, mesmo que aceitemos que realmente é estúpido. Raios partam a ansiedade.

Por exemplo, todos sabemos que a impressora é um bicho que precisa de uma ajuda ou não consegue imprimir e colocar a folha cá fora. Por isso é que as pessoas insistem em agarrar a folha ainda a impressão vai a meio. Deve ser para ver se borratam tudo ou criam um novo tipo de letra.

 

Já o parar o micro-ondas antes de apitar não acho que esteja ao mesmo nível. Sim, eu faço isso, mas é só para não chatear o pessoal que está na cozinha, sim, sou só eu que mora cá em casa. A mim irrita-me esses pequenos barulhos enquanto estou na fase de realmente acordar e como o micro-ondas é meu, eu faço.

Já não consigo entender a ansiedade do pessoal que mal o avião bate com as rodas no solo já se estão a levantar do lugar, muito antes do mesmo ter parado! Será que acham que há algum prémio para o primeiro a sair? Se for uma questão de enjoo, as assistentes de bordo têm uns sacos para isso e casa de banho existe a bordo.

Já completamente ridículas são aquelas sapatadinhas no monitor quando o processamento está lento, a “ampulheta” não vai acelerar por tais pancadas. Já se clicarem múltiplas vezes nas teclas do rato ou no enter do portátil é diferente. Mas a diferença está apenas no local onde se está a bater. Agora se a demora é um problema recorrente, a solução é outra, comprar mais memória RAM para essa máquina ou comprar uma máquina nova e ter o prazer de atirar a velha pela janela.

Como estas existem muitas outras, mas gosto particularmente de ver o pessoal a insistir com o botão de chamada do elevador. Existem uns iluminados que sabem (mas só eles) que se clicarem muitas vezes a velocidade do elevador aumenta e ele vem mais rápido. Só é pena não saberem que se dissessem em voz alta “elevado, elevador” ele chegaria do 7º ao rés-do-chão num piscar de olhos.

Sei que a vida é curta, mas não stressem ou nem os dois dias que ela dura aproveitam.

 

Nota – Também se morde outras coisas no facebook, curiosos?