Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Há Lobo no Cais

7 enganos devido a férias... erradas!

francaengarrafa.jpg

 As férias acabaram, mas o que fizerem os portugueses? O normal, fizeram a mala e arrancaram de férias (os que tinham algum guito). Desses, um grande grupo tem o fascínio (que não entendo) e partiram em viagem rumo ao sul, rumo ao AllGarve. Na realidade meteram-se em grandes trabalhos e partiram não de férias, mas rumo ao sofrimento.

Vamos lá analisar essa “ida de férias” que está mais para os 7 “trabalhos de Hércules”:

 

E então o que tiveram de aguentar? Como todos os anos as pessoas pensaram que, como no ano anterior foi o caos, este ano são as únicas que tiveram a ideia de ir de férias para lá… foi  o 1º engano.

 Seguindo de “Este ano, vamos sair cedinho para não apanharmos filas…”, foi o 2º engano. 90% das pessoas em “trabalhos de Hércules” fez isso, o que vai resultar em grandes engarrafamentos. Que isso de não ir logo no primeiro dia e perder precioso tempo de praia a virar frango é de totós. Li que este ano a seguir a Lisboa a fila atingiu 20km, sim, vinte quilómetros fora outros ao longo da viagem mais pequenos (quando de vocês estão a pensar “eu estive lá…sou mesmo otário!”). Será que as pessoas fizeram “amigos de engarrafamento”? quando começou o “para, arranca” ou mesmo só o “para” olharam pela janela e começam a conversar? “Olá Manel, já não te via desde a Pascoa!”, “Viva José, andavas desaparecido, à 3 engarrafamentos que não aparecias. É a patroa que não deixa?” ou aquele que lhe caiu a ficha e diz “devia ter ficado a dormir e vinha era amanhã, ia chegar ao mesmo tempo”.

A verdade é que vai passar umas horas valentes de stress, tudo que se quer para as férias. Mas visto que as pessoas insistem, parece-me que temos uns quantos, que são masoquista e gostam. Temos ainda uns outros, a quem alguém disse que o que é “IN” é ir lá para baixo. A ser assim, se é moda e podem dizer que andam na mesma zona do Jet7 (não os verdadeiros, os pseudo-famosos que saem nas revistas), até injeção na testa aceitam. Também caíram no 3º engano!?

Não importa o quanto se vai demorar nem quanto vai custar esta brincadeira, o importante é ir para as praias do sul e lutar por 1m2 de areia. Sim eu sei, este ano ainda foi pior, obrigava a levantar as 5 da matina para lá ir deixar a toalha! Nem pra ir trabalhar se levantavam tão cedo! 4º Engano…

E digam lá, chegaram sem paciência nenhuma? Pois, essa ficou no km 57, quando já se ia com 2h30 de viagem.

Pode ficar-se num apartamento minúsculo em que metade da família amontoa-se no quarto e a restante dorme na sala que é também cozinha. Pode ter que se andar 20min. para ir para a praia, que estacionamento para o carro não existe. Pode-se ser roubado de cada vez que se pede um café ou garrafa de água. Pode-se ficar 1h para comprar pão e chegar a nossa vez e já não haver. Já vamos em quantos enganos?

Mas nada disso importa, está-se de férias onde importa… será!? Eu acho que descobriram que estavam lá todos os que importava, evitar. Engano número 6!

Portugal tem tantos outros locais, bonitos, com mais comodidades, mais baratos, com pessoas bem mais interessantes. Só não dava direito, na volta, a horas e horas de engarrafamentos com os amigos da estrada e a chegar a casa mais cansado, irritado e a precisar de férias do que no dia em que se partiu para suposto descanso e se esteve foi a cumprir castigo.

Deixam lá, para o ano há mais, e já não se lembram de ter lido este texto. Engano 7, o pior.

 

 Nota – Também se morde outras coisas no facebook, curiosos?