Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Há Lobo no Cais

14 Fevereiro = “Prostituição”?

B6XMRMfIMAEoXgk.jpg

 Claro que me refiro ao comemorar o dia de ontem, o “dia dos namorados”. Sim, penso que quem precisa de um dia para dizer que gosta ou para sentir que gostam é mais ou menos o mesmo que alguém que paga para ter acesso aos ditos prazeres da carne.

Entendo no entanto o empolar do comércio e dos restaurantes em relação ao dia, a vida está difícil e é preciso aproveitar e faturar algum. Agora tudo o resto é uma fantochada!

Gostar de alguém é algo diário e dar uma prenda é porque “olhei e senti que era a tua cara…” e não porque é dia 14.
“Olha, logo jantamos fora, marque mesa no restaurante que gostas, reparei que estás a precisar daquele teu prato favorito” e não porque é… isso mesmo.

E já agora, chocolates!!? Sim, elas gostam, mas quem é que quer a cara-metade em tamanho cachalote? Não consigo entender, só sendo alguém masoquista! Será que a anedota da formiga e do elefante é um caso real!?

Podia continuar, mas é melhor parar ou ainda vou parar na cama, ou na falta dela.

Quem precisa do dia 14 devia pensar a relação, será que tem algo a sério? Claro que os adolescentes estão desculpados, são novos, ainda não tiveram tempo para errar e aprender.

 

PS- antes de começarem a atirar pedras informo que não sou solteiro ressabiado, nem sequer solteiro.

PS2- S. Valentim fazia casamentos de conveniência... é isso o amor?

 

Nota – Também se morde outras coisas no facebook, curiosos?

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.